18/11/2015: Diretor da Infogen visita o Vale do Silício

Um grupo de empresários de tecnologia de Chapecó, Santa Catarina, participou viagem de conhecimento ao Vale do Silício, estado da Califórnia, nos Estados Unidos. A viagem ao pólo mundial de tecnologia foi organizada pelo Deatec (Associação Pólo Tecnológico do Oeste Catarinense) e ocorreu de 30 de outubro a 09 de novembro. Envolveu 13 pessoas, entre representantes das empresas, da Acic (Associação Comercial e Industrial de Chapecó), Sicom (Sindicato do Comércio da Região de Chapecó), e Unochapecó.  A Infogen Sistemas foi representada por seu diretor executivo, Ernani Zottis.

Na cidade de Palo Alto, próxima a metrópole São Francisco, o grupo chapecoense conheceu o método de trabalho de grandes empresas do setor de tecnologia como Google, Facebook, Vmware e Aple. Também visitaram a Universidade de Stanford, que tem um papel fundamental na formação e desenvolvimento destas empresas. Startups e acelaradoras como a Plug And Play também estiveram no roteiro das visitas.

Outro ponto importante da viagem foi um encontro que os chapecoenses tiveram com o cônsul brasileiro no Vale do Silício, Ricardo Prisco. Conforme Zottis, os empresários destacaram a necessidade de intercâmbios tecnológicos entre o Brasil e estas empresas norte-americanas.

Nas empresas visitadas, Zottis destacou que o grupo tomou conhecimento de muitos produtos que ainda nem sequer estão no mercado, mas prometem revolucionar a relação entre o homem e a tecnologia. “Percebemos que a realidade virtual, em breve, fará parte do nosso cotidiano”. Chamou sua atenção ainda as tecnologias de impressão 3D na Autodesk e a fabricação de carros elétricos com 90% de autonomia na Tesla. “A tecnologia colocada à serviço da sociedade é um tendência consolidada e deverá mudar a maneira com que vivemos e trabalhamos hoje”, conclui.

Zottis salienta ainda que o papel da tecnologia para auxiliar no compartilhamento de produtos e serviços já está provocando uma reviravolta. Fato que deve se intensificar cada vez mais. Ele cita como exemplo o Uber, que está impondo uma nova lógica ao transporte de pessoas, serviço até então dominado pelos táxis. 

Muitas tecnologias vistas nos Estados Unidos, conforme Zottis, podem ser aplicadas no Brasil. Ele afirmou ainda pretende implementar diversas metodologias na Infogen com base no modelo americano. O empresário salienta, porém, que a inovação precisa de um ambiente mais favorável. “Precisamos construir um modelo que envolva de fato as universidades em parceria com as empresas. Ainda precisamos tornar nosso Governo mais parceiro da iniciativa privada, pensando em um desenvolvimento consistente e sustentável”.